28.9.09

lá fora

as verdades que desconheço e tanto anseio
estão lá
lá fora onde se esconde esse mistério
silencioso
insinuante através das sombras
se escondendo
ora me espreitando
ora dos meus passos
fugindo
me atraindo para ir lá
lá fora
onde me esperam as incertezas
onde são tantas as sutilezas
onde desmoram as fortalezas
que me mantêm aqui
a salvo
dos mistérios que me esperam
lá fora.
.
.
.

2 comentários:

Fabrício Romano disse...

Ótimas influências.
Grande abraço.

mitro disse...

Muito bem... Fica sabendo que 'lá fora' é o meu território. (Se quiseres companhia, claro!)